Zamora

Zamora foi uma cidade que conhecemos muito de passada na viagem mochilão – se você chegou agora e quer situar-se, o início é por aqui – mas vale registrar, porque pareceu bem interessante à primeira vista. Situada na província de mesmo nome, que por sua vez encontra-se na comunidade autônoma de Castilla y León, chegar até Zamora significa atravessar infinitos campos de feno e paisagens dignas de Miguel de Cervantes y Saavedra.

140720134209.jpg

A utilizamos como um ponto de descanso no caminho entre Salamanca e Puebla de Sanabria, e também porque o acesso a Puebla de Sanabria era escasso, sendo necessária a parada em Zamora. Então aproveitamos para conhecê-la, fazer um lanchinho e fomos surpreendidos com as melhores tapas de toda viagem!!! Fizemos uma via sacra de tapas, passando em diversos bares diferentes e provando tudo que deu vontade!140720134229140720134228

140720134244.jpg140720134246140720134256140720134232.jpg

Só os pratos de cogumelos e salmão acima já valeram ter conhecido Zamora! Mas havia mais, além do patrimônio histórico, característico de toda a Espanha, pudemos observar um modo de vida especial. Não sei se porque pegamos um domingo, logo depois da missa, parecia que estavam todos nas ruas, jovens, casais, idosos, crianças, aproveitando a cidade.

140720134234

140720134218.jpg

140720134216.jpg

140720134281

140720134263.jpg

140720134222
Edifício lindo do Mercado de Abastos de Zamora

140720134261

140720134278.jpg

140720134250

Os espaços públicos também eram bem cuidados: pracinhas infantis (desconto para o piso preto calorento e crédito para o estilo Miró dos brinquedos), pontos de ônibus e mobiliário urbano interessante. E o crème de la crème: pouquíssimos turistas e o estilo de vida verdadeiramente espanhol.

140720134247140720134248.jpg140720134249

140720134240.jpg
Crochês nas vitrines! ❤

140720134236.jpg140720134243140720134237.jpg

Não sei se, a esta altura da viagem, eu já estava sofrendo de espanholite aguda, mas Zamora é uma cidade que eu gostei muito de ter incluído no roteiro. Não tenho hotel, nem restaurante para te indicar, apenas posso te informar que chegamos lá através da companhia de ônibus Alsa.

Se você quiser visitar um lugar fora do over turismo e de quebra saborear legítimas e deliciosas tapas, visite Zamora! Hasta la próxima!

Anúncios

2 comentários sobre “Zamora

  1. Deve ser uma cidade bem interessante pra se conhecer, por parecer bonita e especialmente não turistificada. As fotos ficaram lindas, e ler sobre as “melhores tapas”, na hora do almoço, deu ainda mais vontade de lá estar.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s