O primeiro aniversário da filha… ou como não pirei, nem me rendi aos bichos de isopor.

Em abril minha filha completou um ano. Acompanhar o crescimento (tão rápido, é mesmo verdade!), o desenvolvimento e as fases cognitivas de um ser humano é realmente algo mágico de se viver. A gente repete todos os chavões no maior amor (e às vezes sem nem se dar conta), chora no primeiro passo, baba no …

Continue lendo O primeiro aniversário da filha… ou como não pirei, nem me rendi aos bichos de isopor.

Anúncios