Reciclei o giz de cera e tenho alguns apontamentos

Os primeiros gizes de cera que comprei para Lorena foram do tipo fininhos. Mãe de primeira viagem que sou, não me atentei para o fato de que quebrariam logo que os tirasse da caixa. Pois bem, assim obviamente aconteceu, até eu conseguir encontrar os gizões de cera grossos, que quebram com dificuldade e duram – um pouco – mais. Nesse meio tempo eu fui juntando os caquinhos né um dia construirei um castelo e pesquisando na internet o que fazer com aqueles pedacinhos de giz que surgiam diariamente a cada sessão de pintura, multiplicando-se como Gremlins. Certo é que eu não iria botar fora um material passível de reciclagem, vocês me conhecem…

Na primeira busca já encontrei duas divas da blogosfera, a Luíza Diener do blog Potencial Gestante e a Erika Karpuk do Estudio Dekor e do canal EKTube (gentem, assistão!!! e inscrevam-se!!) com suas próprias receitas de reciclagem de giz de cera. Gostei especialmente da ideia da Luíza de usar caixas de fósforo como fôrmas para fazer tijolinhos de giz de cera, então coloquei a sogra a juntar caixinhas para que um dia eu pudesse fazer. Levou alguns meses, mas quando já tinha caixinhas, tinha também a quantidade de giz suficiente. Aí foi esperar uma tarde de sono da Lorena num sábado e fazer.

– Mas então precisa de post sobre isso, Daniela? Não tá tudo dito acima e cheio de info na rede?

Precisa porque:

  1. Sem querer parecer arrogante, mas eu mudei um pouquinho a receita das gurias, fiz do meu jeito, e gostaria de registrar meus resultados com esta experiência;
  2. Meu marido fica dizendo que sou gênia, que a solução é ótima e que eu deveria postar, rsrsrs (obrigada pelo incentivo amor! ❤ ) e
  3. As cores ficaram tão lindas, fiquei tão apaixonada pelas fotos que vim te mostrar aqui.

O passo a passo é básico e autoilustrativo: juntar os pedacinhos de giz de cera, picar os que estiverem um pouco maior, colocar no tipo de forma que você eleger, forno, esfria e voilá! Mágica das cores realizada!

preparando
Tudo preparado, daí foi pro forno.
2016-10-10 14.24.06.jpg
Tudo derretido e já misturado.

2016-10-10 14.23.54.jpg

secando.jpg
Se-can-do…

2016-10-10-17-16-48

2016-10-10 17.18.11.jpg
❤ Gizes novos e amor total por cores!!! ❤
2016-10-10-17-16-23
“Mamãe, tira foto logo e dá meu gizi novo!!!”

Apontamentos

  • Primeira mudança que fiz da receita original foi isolar as caixinhas de fósforo com fita crepe. Não imaginei que seguraria totalmente a cera derretida, mas foi uma ótima estratégia. Não vazou quase nada das caixinhas.
  • Usei papel alumínio como proteção da forma, para facilitar a vida do marido (que é quem lava louça aqui em casa).
  • Das misturas de cores que tentei fazer, algumas deram certo, outras não… As misturas com laranja e vermelho resultaram todas em um laranja muito parecido. Em compensação, na busca do roxo cheguei num tom de verde piscina incrível! O divertido é justamente ir testando e se surpreendendo com os resultados obtidos.
  • Não precisa deixar muito no forno, fique observando até que tudo esteja derretido. Deixei até borbulhar de leve.
  • Quando tirei do forno, antes de endurecer, algumas cores não estavam totalmente misturadas, então dei uma ajuda misturando com um palito de dentes.
  • Por fim, e mais importante: os gizes não ficam homogêneos. Não sei se deveria deixar mais tempo no forno, mas depois de frios e endurecidos, na hora de desenhar, a parte que ficou para baixo concentrou mais a “cor” tornando-se ótima para desenhar e a parte de cima concentrou mais a parafina, ficando com o traço ruim para desenho, quase sem cor. Alguns ficaram até com uma divisão no meio. Também não ficaram com a superfície muito ultra lista, mas isso eu já imaginava que aconteceria. No próximo teste que fizer, coloco um update aqui nesse post para avisá-los de outros resultados. #peripéciasdanielísticas

2016-10-15 11.03.14.jpgO melhor de tudo é que Lorena adorou e sabe que é um presente que mamãe fez especialmente para ela! ❤ Agora é seguir juntando caquinhos de giz e caixas de fósforo novamente num looping eterno para todo o sempre, aaaamém, rsrs!

Curtiu? Compartilha kazamiga mãe? Muito obrigada! De nada! Bêjo!!!

Anúncios

4 comentários sobre “Reciclei o giz de cera e tenho alguns apontamentos

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s