O tablet analógico da Lorena e os busy boards

Este post inaugura um assunto do qual devo falar algumas vezes por aqui: brincadeiras infantis. Afinal, desde que Lorena nasceu, há exatos dois anos, seis meses e três dias, ando submersa no universo das crianças e desde que me conheço por gente, me interesso pelo mundo DIY (que naquela época chamava-se faça você mesma).

Inspirada em nossas próprias filosofias parentais e apoiada por diversos textos e alguns livros que tenho lido, aqui em casa procuramos deixar brinquedos disponíveis nos ambientes e oferecer opções de diferentes brincadeiras para Lorena, dando-a autonomia na escolha. Separei um trechinho do maravilhoso post de Teresa Ruas sobre a capacidade ativa de toda criança que traduz melhor parte de meus pensamentos maternos:

“Possibilitar … o brincar, guiado pelas próprias escolhas e condições de nossos filhos, é um meio para potencializarmos a condição ativa de cada criança, empoderando-a para que ela também possa conduzir as suas próprias transformações, respeitando o seu ritmo, o seu tempo, o seu espaço e a sua cultura.”

Juntando o siricutico inventivo com o tanto de coisa que leio, volta e meia ando aprontando algum brinquedo, os quais cato inspirações na internê, obviamente. Pois bem, acompanhando o desenvolvimento da pequena, passei reto pelos Quiet books – visto que, apesar de ser filha de costureira, minha habilidade para costura é nula – e das primeiras peças que me chamaram a atenção para fazer foram os tais Busy boards, que em tradução literal são painéis para manter a criança ocupada ou painéis de atividades. Ora, em certa idade é provável que a criança comece a querer mexer em fechaduras, maçanetas, interruptores, aqui em casa não foi diferente, então antes que o stress começasse a rolar nos objetos oficias de casa, resolvemos dar uma facilitada nas descobertas.

E foi quando vi o projeto deste pai que bombou na rede (thanks for sharing, mr “Teachezofpeachez”) que comecei a maquinar o que de fato eu ia fazer.

1707

Aí foi correr pro Pinterest e montar um álbum. O “Ideário para Lorena” tem desde brinquedos simples e executáveis até móbiles e fantasias, passando por receitas caseiras de massinha de modelar e gelecas coloridas (ainda não fiz, apelei pras prontas) e chegando em paredes escaláveis. Um tanto de coisas que pretendo ir fazendo ao lado da filha, já aproveitei e estou montando também um outro só com atividades de aprendizagem, segue a gente lá!

02-tablet-lorena
Principais inspirações: o primeiro via Dribbles, Nibbles & Scribbles, os outros dois via Pinterest

Ideias a postos, comecei separando o que tinha em casa (porque os projetos aqui são sempre partindo do custo mínimo ou zero) e na primeira ida a loja de materiais de construção comprei os itens mais baratos que encontrei. Não foi muita coisa, apenas três interruptores e um trinco de porta, mas aproveitei e perguntei ao Claudio, o vendedor, se havia algum mostruário de maçaneta fora de linha, algo que fosse para o lixo (coisas que seis anos trabalhando em lojas de materiais de construção te ensinam, babe!). Ele foi ao depósito e rapidamente voltou com uma peça de madeira com a maçaneta já encaixada, um presentão e tanto!!! Foi tirar a foto do ANTES, parafusar os trem e pá-pum, ficou pronto!
materiaistablettabletdalorena

Pessoas, não reparem a parede manchada pelamor, os materiais usados foram:

  • a base redonda de mdf (40 cm) que eu já tinha em casa e pintada na cor laranja – por isso não me preocupei se não combinou com a parede, era o que eu tinha, and that’s it;
  • os três interruptores;
  • a fechadura que já estava fixada num pedaço de mdf;
  • o trinco;
  • as ferramentas de plástico – que eu já tinha dado para ela, mas não tinha onde pendurá-las;
  • e esse suporte escrito “stam” que veio junto com a fechadura, e que depois coloquei um tubo e umas argolas, como você poderá ver nas fotos lá do final.

Fixei na parede e fiquei quieta, esperando ela descobrir sozinha.

Quem é mãe sabe a delícia de ver uma criança descobrindo algo novo, os dedinhos ágeis, os gritinhos, a cara de alegria, pois com este brinquedo foi exatamente assim! E posso dizer que é um brinquedo que funciona, porque desde que foi instalado (há ONZE meses!!) já perdeu todas as ferramentas – vou comprar novas, tô procurando em lojas de 1,99 e ainda não encontrei – mas ainda rende uns bons minutos de mexericação. Aliás, eu pretendia colocar mais apetrechos no painel e no fim das contas, até hoje ainda não o incrementei. Quando rolar faço um update no post, prometo.tabletdalorena3.jpg2016-07-31 10.39.56.jpg

Próximo passo? A inspiração vem desta mãe que transformou caixas de papelão em uma mini cozinha para sua filha, aguardem!!! Beijos e me contem as amigas mães, o que tem rolado de brincadeiras por aí!

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s